S&P Futuro: Vantagens, Cotações e Como Investir (Na Prática)

S&P Futuro: Vantagens, Cotações e Como Investir (Na Prática)

Navegue por assunto


Por: Time Master Clear

18/12/2020 • Atualizado: 24/03/2022

14 minutos

Compartilhar:

Se você é daqueles investidores sempre em busca de boas oportunidades, precisa conhecer o índice S&P Futuro.

Afinal, estamos falando de um indicador que é referência para o mercado financeiro mundial.

Para entender melhor sua importância, vale uma rápida analogia, bem fácil de compreender.

Imagine que você é um empresário do futebol e quer investir nos clubes brasileiros. Nesse caso, é natural que você prefira aqueles que jogam a Série A, certo?

Pois o S&P Futuro, de certa forma, simboliza a “primeira divisão” das empresas norte-americanas, já que é neste índice que constam as maiores companhias de capital aberto dos Estados Unidos.

Só esse fato já seria convincente o bastante para atrair investidores, mas não para por aí.

O S&P 500, não só na sua versão de mercado futuro, mas como um todo, pode ser mesmo uma bela opção para investir seu dinheiro.

Quer saber por quê? É só continuar a leitura!

O que é S&P 500 futuro?

O índice S&P futuro é um benchmark, ou seja, uma referência para o mercado financeiro dos Estados Unidos e para o mundo.

A diferença em relação ao S&P 500 “normal” é que, nele, as ações são negociadas na forma de derivativo, ou seja, baseadas em uma expectativa sobre os preços dentro de um certo prazo.

A sigla faz referência ao grupo Standard & Poor’s, que o criou em 1957 em um modelo similar ao tradicional índice Dow Jones, mas com maior abrangência.

Embora englobe ações listadas na NASDAQ, ele é formado também pelas empresas listadas na NYSE, a bolsa de Nova Iorque.

No Brasil, ele pode ser transacionado diretamente pela B3, que o disponibiliza no mercado por uma parceira com a CME Group.

Como funciona o S&P 500?

Índices de ações são instrumentos teóricos e representativos pelos quais uma bolsa de valores informa ao mercado sua liquidez e o seu valor.

Por isso, eles são negociáveis na forma de títulos, tal como as ações das empresas, podendo assim sofrer depreciação ou se valorizar com o tempo.

Esse é o mecanismo básico de funcionamento do índice S&P 500, talvez o principal de todos os índices do mundo, dada a enorme relevância das empresas nele listadas.

Na Clear você conta com corretagem zero nos melhores produtos do mercado. Abra sua conta, é online, rápido e 100% grátis.

Que horas abre o S&P 500 futuro?

Vale frisar que, como um ativo financeiro, o S&P futuro é negociado exclusivamente pelas bolsas de valores.

Sendo assim, ele só pode ser comprado ou vendido dentro do horário em que opera a NYSE, ou seja, de segunda à sexta, das 9h30 às 16 horas.

Isso significa que, para os brasileiros que operarem pelo horário de Brasília, é possível negociar nesse mercado das 10h30 às 17 horas.

Quais são as empresas do S&P 500?

Não é nenhum exagero dizer que o índice S&P 500 é um dos maiores do mundo.

Ele é tão importante que cobre aproximadamente 80% do valor de mercado de todas as empresas americanas listadas em bolsa.

Considerando que a economia dos Estados Unidos é a maior do mundo, não precisa pensar muito para se concluir que o S&P 500 é, de fato, o mais relevante de todos os índices mundiais.

Comprove agora conhecendo o seu top 5 de maiores empresas em valor de mercado, com números extraídos do último Global Top 100 companies by market capitalisation, da PwC.

Alphabet Class A

Maior motor de busca da internet, o Google dispensa maiores comentários.

O que nem todos sabem é que suas ações, na NYSE, são negociadas por duas companhias distintas, sendo uma delas a Alphabet Class A, que, por sua vez, resulta da criação da Alphabet, em 2015.

A diferença para a sua “irmã” também listada na bolsa, a Alphabet Class C, é o tipo de ação.

O que acontece é que os papéis de classe A, na bolsa de Nova Iorque, se caracterizam por dar direito a voto, como acontece com as ações ordinárias na bolsa brasileira.

Hoje, o valor estimado de mercado da holding é de cerca de US$ 799 bilhões.

Facebook

Outra empresa que dispensa apresentações é o Facebook, considerada hoje uma das cinco maiores companhias de tecnologia do mundo, ao lado de  Google, Amazon, Microsoft e Apple.

Entre as que estão no top 5 das mais valiosas no ranking S&P 500, é a única que tem um brasileiro entre seus fundadores.

No caso, trata-se de Eduardo Saverin, que em 2004 fundaria com Mark Zuckerberg, Dustin Moskovitz, Andrew McCollum e Chris Hughes aquela que viria a ser a maior rede social de todos os tempos.

O valor de mercado do Facebook estimado é, hoje, de US$ 475 bilhões.

Amazon

Também entre as maiores empresas do índice S&P 500 está a Amazon, fundada em 1994 com o nome de Cadabra e, hoje, com valor de mercado estimado em US$ 971 bilhões.

Seu fundador e CEO é Jeff Bezos, primeira pessoa da história a alcançar a fortuna de US$ 200 bilhões, segundo o ranking de mais ricos do mundo da Forbes.

Embora seja focada no e-commerce, a Amazon é mais uma empresa de tecnologia, desenvolvendo soluções em cloud computing, streaming e inteligência artificial.

Microsoft

Líder por muito tempo do top 5 da S&P 500, a Microsoft é capitaneada pelo CEO Bill Gates.

Ela é listada na NASDAQ, assim como outras empresas do ramo tecnológico, e seu valor de mercado estimado é de US$ 1,2 trilhões.

Tal como as suas concorrentes, a Microsoft se notabilizou por fazer fusões e aquisições ao longo de sua história, que começou em 1975.

Entre as empresas incorporadas pelo conglomerado estão, por exemplo, a Nokia e, mais recentemente, a britânica Metaswitch Networks.

Apple

Fundada apenas um ano depois da Microsoft, a Apple tornou-se, em 2018, a primeira empresa norte-americana a alcançar valor de mercado superior a US$ 1 trilhão.

Avaliada pela PwC hoje em US$ 1,1 trilhão, a marca da maçã mordida tornou-se conhecida pelos seus hardwares inovadores e de design estiloso, como o célebre computador Macintosh e o já consagrado iPhone.

Fundada em 1976, em uma modesta garagem na Califórnia, pelo visionário Steve Jobs e seus sócios Steve Wozniak e Ronald Wayne, a Apple é considerada também uma das marcas mais valorizadas do mundo.

Vantagens de investir no S&P futuro

Quais seriam as vantagens de um investimento no mercado futuro, no caso específico do índice S&P 500?

Aqui, cabe explicar rapidamente o que significa negociar nesse mercado, também conhecido como mercado de derivativos.

Ele consiste em contratos financeiros com data de liquidação definida.

Portanto, dão ao seu portador o direito de comprar ou vender um ativo por certo preço na data de liquidação.

Veja, então, quais são os principais benefícios em aplicar nessa modalidade, com ênfase no índice mais prestigiado do mercado financeiro global.

Você, acionista das maiores empresas do mundo

Seja no mercado futuro ou não, investir no S&P 500 pode ser uma boa escolha.

Afinal, nele, estão as mais sólidas corporações dos Estados Unidos, o que já é um tremendo diferencial.

Ainda que essas empresas tenham suas oscilações no mercado, no geral, elas mantêm uma curva ascendente no preço de suas ações, tornando-as indicadas para quem negocia tanto no day trade quanto no longo prazo.

Mercado mais estável

Outro aspecto que merece ser destacado e que faz do S&P 500 futuro uma boa escolha é que ele está baseado no mercado norte-americano.

Nele, não há fatores como o risco Brasil, assim como as sempre perigosas flutuações na economia, que levam empresas e investimentos a perderem valor de forma imprevisível.

Para quem negocia no mercado futuro, estabilidade significa tudo, já que, como vimos, ele se baseia na negociação de ativos com preço fixado.

É uma forma de fazer hedge

Não por acaso, índices futuros são considerados uma maneira de se proteger contra as variações de preços comum no segmento de renda variável.

É o que fazem, por exemplo, investidores do ramo agrícola, que procuram proteger os preços de suas safras negociando preços baseados em especulações.

A essa estratégia se dá o nome de hedge.

O índice S&P 500, portanto, pode ser uma ótima forma de se ganhar dinheiro, considerando que a expectativa é sempre de evolução positiva em seus preços.

Código de negociação e vencimento 2020

Uma outra vantagem é que, agora, é possível comprar e vender ações do índice S&P futuro em reais, pela própria B3.

Isso é feito por meio de negociação com os chamados minicontratos, que são comprados com data de vencimento (liquidação) fixada na 3ª sexta-feira dos meses de março, junho, setembro e dezembro.

Em 2020, o papel foi negociado pelo código WSP, sendo vendido por um valor 20 vezes menor do que o índice S&P 500 futuro cheio.

Na data em que este conteúdo foi criado, o WSPZ20, que corresponde ao minicontrato da S&P 500 futuro, estava sendo vendido ao preço de R$ 3.639,00.

Investir no S&P Futuro: passo a passo

Já vai longe o tempo em que era para poucos investir no mercado futuro.

Hoje, isso pode ser feito sem burocracia, bastando seguir estes três passos:

  1. Abrir conta em uma corretora, como a Clear (é preciso ser maior de 18 anos e ser titular de uma conta bancária)
  2. Transferir os recursos para negociar
  3. Fazer a compra do minicontrato, conforme os termos previstos.

Como operar S&P 500 no Brasil?

Você viu que, hoje, é possível operar com o índice S&P 500 a partir do Brasil, já que a B3 tem um canal direto com a administradora CME Group.

Então, é só seguir os passos que acabamos de destacar, fazendo isso pela própria plataforma da sua corretora.

Ainda não tem uma? Abra sua conta na Clear agora mesmo e aproveite as vantagens de ser nosso cliente, com uma plataforma moderna e segura, além de corretagem zero.

Como operar S&P 500 no exterior?

Para quem pretende operar a partir do exterior, ou seja, de uma corretora localizada nos Estados Unidos, o processo se torna bem mais complexo.

Isso porque será necessário atender a todas as exigências do mercado local para negociar, além de estar sujeito a impostos de Estados Unidos e Brasil.

Além disso, o investidor terá todo um custo em repatriar o capital, tendo que considerar ainda as oscilações no câmbio, taxas e tarifas para conversão.

Qual o melhor momento para investir no S&P futuro?

Para se dar bem transacionado no mercado futuro, é preciso observar os níveis de volatilidade e liquidez do mercado.

Isso porque, em cenários de maior volatilidade (oscilações mais frequentes e bruscas), a liquidez cai, afetando os preços negociados.

É por isso que papéis do mercado futuro podem ser preferidos pelos que operam no day trade, onde se fazem muitas transações por dia.

Ou seja, a recomendação que vale para o mercado de ações vale também para o mercado futuro: evite negociar nos momentos de turbulência.

Cotações do Futuro S&P 500: onde acompanhar?

O que não falta são sites especializados em cotações do mercado financeiro, nos quais você pode seguir em tempo real a evolução do índice Futuro S&P 500.

Se o próprio Google não revelar um gráfico na hora da pesquisa, você poderá sempre acessar o site da B3.

Uma terceira alternativa é o site da ADVFN, no qual os principais índices do mercado mundial têm seus gráficos publicados 24 horas por dia em tempo real.

Isso sem falar nas plataformas de negociação da sua corretora, que devem trazer todas as informações para você tomar as melhores decisões de investimento.

Na Clear, você opera no mercado futuro com segurança e a confiança de estar investindo certo.

Expectativas do S&P 500 para 2021

O ano de 2020 tem sido atípico para o mercado financeiro, em virtude da pandemia do novo coronavírus.

Ainda assim, espera-se que, em 2021, as companhias listadas no S&P 500 retomem a trajetória de crescimento, depois de amargarem desvalorização de 20% no terceiro trimestre de 2020.

A recuperação pode não ser tão rápida quando se deseja, mas deve acontecer.

Quem sabe agora não seja, então, um bom momento para investir?

Vale a pena investir no S&P futuro?

O mercado futuro é um pouco mais complexo de se investir porque, nele, os preços estipulados em contrato nem sempre garantem o lucro esperado.

É o que acontece, por exemplo, quando se estipula um valor e, na data de vencimento, o ativo valoriza mais do que o esperado.

Ou seja, há um risco duplo que é o de comprar a um valor subtaxado e o de vender a um preço abaixo do atual.

Por outro lado, as possibilidades são boas quando a intenção é proteger o valor do investimento, já que, se o preço do ativo na data de liquidação for mais baixo, é garantida a liquidação pelo preço contratado.

Seja como for, vale para o S&P futuro o que se aplica a qualquer investimento: se combina com seu perfil de investidor e seus objetivos, por que não?

As vantagens do índice você agora já conhece.

Investir no S&P futuro pode ser para você

Não cabe mais a antiga visão de que investir na bolsa de valores é apenas para pessoas muito capacitadas ou com milhões para aplicar.

Hoje, esse mercado está acessível a qualquer pessoa física que esteja minimamente educada e informada para tomar decisões sobre esse tipo de investimento.

E se você é como a Clear, que acha que investir no S&P futuro pode ser para você, não perca tempo: abra sua conta hoje mesmo.

Conclusão

Com os minicontratos de futuro S&P 500, é aberta mais uma ótima oportunidade de se investir no sempre concorrido mercado norte-americano.

Mas, antes de começar, não deixe de se informar bem, afinal, esse é um segmento que, como vimos, traz alguns riscos adicionais.

Sendo assim, não deixe de acessar o canal da Clear no Youtube, onde você assiste a vídeos educativos para ajudar a tomar as melhores decisões.

E aproveite também as dicas do nosso blog, sempre com textos atualizados para ajudá-lo em suas decisões.