Divulgação de Resultados 4º Trimestre 2020

Divulgação de Resultados 4º Trimestre 2020

Navegue por assunto


Por: Time Master Clear

10/02/2021 • Atualizado: 10/12/2021

3 minutos

Compartilhar:

Iniciamos no final de janeiro a temporada mais longa de resultados, a divulgação dos números do 4º trimestre. Com essa informação teremos a visão completa dos impactos da pandemia em diferentes setores ao longo de 2020, o ano marcado pela maior pandemia global.

A divulgação de resultados do 4º trimestre exige um esforço extra das empresas por consolidar as informações do ano todo. Por isso mesmo é previsto um prazo maior para as empresas divulgarem, o que acaba estendendo a temporada de resultados.

Nesse ano, iniciamos a divulgação no dia 26/01 e ela se estenderá até o final de março. Preparamos o calendário abaixo, com as datas que as empresas do índice Brasil 100 (IBrX100) e do Índice Small 11 (SMLLBV) irão divulgar, para você acompanhar de perto os nomes que te interessarem.

Mas mais do que a data, é importante entender o que o mercado espera dessas empresas, afinal, é isso que irá determinar se os números serão bem ou mal recebidos pelos investidores. Atendendo essa demanda, incluímos a média das expectativas dos analistas¹ para dois dos principais indicadores: Lucro Líquido e EBITDA . Vamos relembrar os conceitos:

– Lucro líquido: última linha do resultado, é a receita total menos o custo total. O lucro líquido é quanto “sobrou” no final do período depois da empresa honrar as suas obrigações.

– EBITDA: indicador de lucro operacional. Resultado antes de deduzir os impostos, pagamentos de juros (custo da dívida) e outras despesas não operacionais. Nessa análise é indicado o EBITDA a ser reportado para a CVM, sem ajustes que podem ser feito por cada setor ou empresa colocando na conta considerações específicas.

E como já adiantamos, o que determina como a ação irá reagir a medida que a empresa divulgar os números, é se a empresa atende, supera ou decepciona em relação a expectativa do mercado. De uma maneira geral, é esperado que os resultados confirmem a continua recuperação iniciada no 3 trimestre de 2020 (dados de set/20).

O 4º trimestre foi marcado pelo (i) retorno do capital estrangeiro na B3, que busca normalmente setores e empresas mais consolidados (blue chips), (ii) por uma onda de emissões tanto de ofertas iniciais (IPOs), como de incremento de capital (follow- ons), (iii) pela retomada da atividade, que reflete em uma expectativa de crescimento do PIB  (produto interno bruto – indicador de geração de riqueza de uma país) e (iv) por estímulos econômicos.

Nesse cenário esperamos as empresas mantenham os patamares de recuperação apresentados no 3T20, quando a maior parte das empresas superou as expectativas do mercado com números positivos. Incluímos no estudo também os números reportados pelas empresas no 4 trimestre de 2019, para facilitar a comparação dos setores e empresas mais impactados, que o cenário atual ainda não favorece para uma recuperação.

Conforme os resultados forem liberados pelo RI (Relação com Investidores) das Companhias, vamos comentar o impacto nas ações no grupo do Telegram e outras mídias. Continuem nos acompanhando aqui no Blog e nos outros canais de comunicação da Clear.

+ Entre para o grupo do Telegram e não perca nada sobre o mercado de renda variável!

E se for investir em alguma dessas empresas, abra sua conta na Clear e aproveite a taxa zero de corretagem 😉

1fonte: Refinitiv – média das expectativas das casas de análise contribuintes com a plataforma.