[xp_hellobar][/xp_hellobar]

Divulgação de Resultados do 3º Trimestre: datas e expectativas

Divulgação de Resultados do 3º Trimestre: datas e expectativas

Navegue por assunto


Começamos na semana passada (15/10) a temporada de divulgação de resultados do 3º trimestre de 2020 (3T20) das empresas listadas na bolsa. Esse período nada mais é a época do ano em que as empresas apresentam as Demonstrações Financeiras com os números de 1º de julho à 30 de setembro.

Divulgar os resultados é uma das obrigações que companhias de capital aberto tem com o mercado e, principalmente, com o investidor. Os números, além de indicarem a saúde financeira da empresa, são importantes para que o investidor acionista tenha visibilidade e tome as melhores decisões.

A expectativa para o 3º Trimestre é que seja um período de recuperação frente ao trimestre anterior, o mais impactado pela pandemia até agora, que apresentou uma queda de -26,5% no Lucro Operacional (EBITDA). Mas vale lembrar que, no final do dia, o que impacta no preço das ações é o que a empresa reportou frente ao que era esperado pelo mercado.

Quando a companhia apresenta números melhores que o esperado e consegue surpreender positivamente é que normalmente vemos o papel se valorizar. No próprio 2º Trimestre, quando era mais difícil ter visibilidade do tamanho do “estrago” da crise, os analistas reduziram as expectativas antes da divulgação dos resultados e a queda de -26,5% foi vista como “apenas” -26,5%, frente a redução de 73% no Lucro Operacional esperado para as empresas do índice Ibovespa quando comparado com o mesmo período de 2019.

Divulgação e expectativas para o 3º Trimestre

Pensando nisso, preparamos uma agenda com data de divulgação das principais empresas e a média da expectativa dos analistas* para dois dos indicadores mais importantes: o EBITDA e o Lucro Líquido. Para facilitar, vamos relembrar os conceitos:

– Lucro líquido: última linha do resultado, é a receita total menos o custo total. O lucro líquido é quanto “sobrou” no final do período depois da empresa honrar as suas obrigações.

– EBITDA: indicador de lucro operacional. Resultado antes de deduzir os impostos, pagamentos de juros (custo da dívida) e outras despesas não operacionais. Nessa análise é indicado o EBITDA a ser reportado para a CVM, sem ajustes que podem ser feito por cada setor ou empresa colocando na conta considerações específicas.

Conforme os resultados forem liberados pelo RI (Relação com Investidores) das Companhias, vamos comentar o impacto nas ações no grupo do Telegram e outras mídias. Continuem nos acompanhando aqui no Blog e nos outros canais de comunicação da Clear.

*fonte: Refinitiv – média das expectativas das casas de análise contribuintes com a plataforma.

Outubro

Tabela do mês de outubro

Novembro

Tabela com os resultado de novembro