[xp_hellobar][/xp_hellobar]

Swap cambial reverso x tradicional: você consegue distinguir?

Swap cambial reverso x tradicional: você consegue distinguir?

Navegue por assunto


Uma foto mostra as duas mãos de uma mulher, apoiadas sobre uma mesa, que segura notas de dólares, em referência ao swap cambial.

Você pode não saber exatamente o que são swaps cambiais, mas já deve ter ouvido falar sobre os leilões de dólares organizados pelo Banco Central para controlar o câmbio da moeda. Acertamos? 

Além disso, existem dois tipos de swaps cambiais dos quais mais ouvimos falar: o swap cambial reverso e o swap cambial tradicional. Não sabe qual é a diferença entre eles ou quem deve investir em cada um? Esquenta não! A gente te conta o que é swap cambial e tudo o que você precisa saber sobre o assunto agora. 🙅‍♂️  

O que é swap cambial e como ele funciona? 

O swap cambial é uma operação de leilão de dólares realizada pontualmente para controlar o câmbio, impedindo que o dólar tenha seu valor extrapolado. O swap é um derivativo que envolve a troca de indexadores entre o BACEN e um investidor: a troca é de rentabilidades, não transferência de fluxos de capital. 

O Banco Central utiliza o swap quando, por exemplo, as taxas de câmbio estão oscilando muito, fazendo com que a intervenção do Governo seja indispensável. 

Para que serve o swap cambial? 

O objetivo do swap cambial é prover o hedge cambial (proteção contra variações excessivas do dólar em relação ao real), além de assegurar a liquidez ao mercado de câmbio doméstico. Segundo o do próprio BACEN, o swap cambial “promove simultaneamente a troca de taxas ou rentabilidade de ativos financeiros entre agentes econômicos”. 

Em resumo, “a compra de contratos de swap pelo BC funciona como injeção de dólares no mercado futuro”.  

Qual é a diferença entre swap cambial reverso e tradicional? 

Como falamos lá em cima, existem dois tipos de swaps cambiais, e a diferença entre o swap cambial reverso e o swap cambial tradicional é que, no swap tradicional, o BACEN compra contratos para pagar a variação cambial do dólar com a Selic do período de referência. Já no swap reverso, é previsto que o câmbio suba mais que a Selic. 

De forma mais detalhada, o é no swap cambial tradicional que o Banco Central oferece o pagamento da oscilação do dólar (e um prêmio adicional) àquelas pessoas que investem, que, por sua vez, se comprometem a devolver a diferença da taxa de juros naquele período.  

E no swap cambial reverso, o BACEN paga os juros de determinado período a quem investe, enquanto essas pessoas pagam ao BACEN pela oscilação cambial do período. É como uma compra de dólar futuro

O Banco Central oferece o swap cambial tradicional sempre que precisa conter a alta do dólar, e oferece o swap cambial reverso quando há fortes quedas no dólar, o que é desfavorável para as exportações. 

Onde são negociados os contratos de swap? 

Swaps cambiais são negociados no mercado de balcão (Over The Counter – OTC), ambiente no qual acontecem operações financeiras não registradas na Bolsa de Valores, que conta com a intermediação na compra e venda de ativos de corretoras de valores, distribuidoras e bancos de investimentos autorizados. 

Inclusive, o swap cambial não é padronizado, fazendo com que seja impossível transferir contratos entre as pessoas que investiram ou a uma empresa −ou seja, basicamente, quem optou por fazer um swap cambial tem que cumprir com o contrato até o fim. 

Na Clear você conta com corretagem e custódia zero nos melhores produtos do mercado. Abra sua conta, é online, rápido e 100% grátis.  

Qual é a relação entre swap cambial e hedge? 

Uma foto mostra as mãos de uma mulher mexendo no notebook que está sobre uma mesa.

Como a gente já explicou o que é swap cambial, vamos dar um contexto geral sobre o que é hedge cambial: 

Hedge cambial é um conjunto de instrumentos que tem a finalidade de proteger investimentos e negócios de risco das variações cambiais, e é utilizado por empresas mundiais de importação e exportação, e até pessoas investidoras e turistas que viajam para o exterior. 

Hedge tem como objetivo segurar o preço da moeda em uma data futura, garantindo uma transação previsível e oferecendo proteção contra a desvalorização da moeda local. Tudo isso quer dizer que o swap cambial, seja ele tradicional ou reverso, é um tipo de hedge cambial

Quais são as vantagens e desvantagens das operações swap? 

Falamos sobre o que é swap cambial, como funciona e as diferenças entre o swap cambial reverso e o tradicional. Mas, de maneira geral, existem algumas qualidades que podem trazer um retorno positivo e, outras, um retorno menos lucrativo. Pensando nisso, separamos algumas vantagens e desvantagens das operações swap −segue o fio: 

  • Principais vantagens das operações de swap cambial
  1. Protege o patrimônio de quem investiu contra as oscilações do mercado financeiro; 
  1. É uma operação mais simples do que realocar o capital investido, por exemplo; 
  1. É uma alternativa valiosa se você tem uma empresa, instituição, ou é uma pessoa investidora que depende do preço de ativos internacionais. 
  • Principais desvantagens das operações de swap cambial
  1. Há a probabilidade de o novo indexador não se valorizar e o índice original das aplicações subir; 
  1. O dólar pode não oscilar tanto assim no período contratado e, assim, quem investe (pessoa física ou jurídica) terá buscado se proteger da alta do dólar pagando juros altos 
  1. Como todo investimento, há riscos de perdas. 

Para quem o swap cambial é indicado? 

Faz mais sentido que swaps cambiais sejam utilizados principalmente por empresas que trabalham com importações e exportações. Já pensou na importância do swap cambial para uma empresa que tem a alavancagem atrelada ao dólar? O aumento excessivo do dólar pode representar uma dívida alta que a empresa teria de pagar. É aí que o swap cambial entra: garantindo proteção. 

Pessoas que investem também podem aderir aos contratos de swap, especialmente quem visa o lucro sobre a variação do preço do dólar no curto prazo. Enquanto o Banco Central assume o pagamento dessa variação durante o contrato, quem investiu paga uma taxa de juros, o CDI. Então, se o dólar subir mais do que a taxa de juros, o investidor terá lucro. 

Em conclusão, a indicação do swap cambial vai depender muito do seu tipo de perfil: você tem perfil conservador, moderado ou agressivo? Não sabe? A gente tá aqui pra isso. Nossa equipe de analistas está disponível para consultorias, e você ainda pode participar de salas de análise on-line para ganhar expertise. 

E você sabia que na Clear as taxas de custódia e de corretagem são zeradas? Isso significa que você pode começar a investir sem gastar com taxas adicionais.  

Está esperando o quê? Não perca mais tempo, abra sua conta na Clear!