Vivendo de Renda (Novembro)

Vivendo de Renda (Novembro)

Navegue por assunto


Por: Time Master Clear

09/11/2021 • Atualizado: 09/12/2021

12 minutos

Compartilhar:

Destaques do mês

Cenário Brasil

O que está acontecendo?

Em outubro o cenário macro brasileiro se deteriorou ainda mais. A sinalização de Brasília de que o teto de gastos pode ser violado foi mal recebida pelo mercado. Embora os gastos extras de R$ 30 bilhões possam parecer pequenos se comparados ao tamanho do orçamento geral, a preocupação agora é que esses gastos não parem por aí.  Economistas veem uma mudança no regime fiscal no Brasil, que trouxe também uma revisão de cenário. 

Como isso impacta a sua decisão de investimento?

A piora da situação fiscal aumenta a preocupação com a dívida pública, que reflete na perda de credibilidade do país. Com isso, o novo cenário já considera (i) juros mais altos, tanto nas próximas reuniões do Banco Central para o final desse ano e começo do próximo como para o longo prazo (10 anos); (ii) menor crescimento da economia nos próximos períodos e (iii) inflação mais elevada. A combinação desses fatores compõe um cenário mais adverso que pode trazer turbulência e exigir cautela do investidor. 


O que mais é importante ter no radar?

O aumento da inflação continua sendo uma das principais fontes de preocupação dos mercados. Com um cenário de preços em alta, muitos investidores se perguntam se a Bolsa continua sendo um bom investimento. As ações são ativos reais que protegem os investidores da perda do poder de compra ao longo do tempo. Neste sentido, vale priorizar as empresas líderes de mercado, que podem repassar a inflação aos consumidores, ou aquelas que se beneficiam com a alta do indicador, como as geradoras e transmissoras de energia. 

Afinal, e os fundos imobiliários? FIIs se mantém atrativos? 

Apesar do cenário macro desafiador, os Fundos Imobiliários continuam uma excelente alternativa para investidores que se interessam pelo mercado imobiliário e que buscam renda e valorização do seu patrimônio. Mesmo com a alta da Selic, os títulos públicos de longo prazo (Tesouro Direto), que são frequentemente usados como referência para comparar a atratividade de um FII,  já precificam a escalada nos juros. Com isso, ao compararmos o dividend yield médio do IFIX, que está hoje em aproximadamente 9,0%, com juros reais de longo prazo (NTNB com vencimentos longos, nesse caso NTNB 2035), o prêmio de risco ainda permanece em patamares saudáveis. 

Alterações

Sem alterações nesse mês.

Comparativo de Rentabilidade da Carteira com benchmarks

Sobre os Ativos

Ativos

1 Preço do momento que o papel entrou na carteira, olhando sempre o fechamento do ultimo dia do mês quando incluímos o a recomendação. 

2 Retorno desde que o ativo entrou na carteira com base no fechamento de 31/10/2021, fonte: Economática.

3 Dividend Yield 12m 

Cálculo para FII = (último dividendo * 12)/ preço da cota. Fonte: Economática

Cálculo para ação = dividendos dos últimos 12 meses / preço inicial da ação (cotação de 12m atrás). Fonte: Economática

BBAS3

O Banco do Brasil é um dos principais agentes financeiros do país. Tendo como principal acionista a União Federal, com 50% do capital da empresa, caracterizando um banco público. Numa visão de um portfólio mais defensivo o Banco do Brasil se demostra como uma ação atrativa dado seu grande potencial de pagamento de dividendos nos próximos anos e sua carteira de credito protegida com participação relevante de empréstimos consignados para funcionários públicos e empréstimos para o agronegócio. 

Além disso, acreditamos que o banco apresente uma assimetria de investimento positiva, principalmente com o nível de preço atraente do banco, enquanto mantém uma operação defendida e com possível destravamento de valor com uma maior distribuição de dividendos.

BRCO11

O Bresco Logística é um fundo com um portfólio de ativos de alta qualidade e bem localizados (principalmente próximos na cidade de São Paulo), composto por 11 propriedades que somam 446 mil m². Em geral, os imóveis do fundo são de alto padrão construtivo, possuem elevada taxa de ocupação (100%) e seus contratos são majoritariamente atípicos (58%), o que traz maior segurança em períodos de incertezas. A maior parte (56,8%) dos vencimentos está concentrada a partir de 2025.

Ainda, o fundo possui inquilinos com baixo risco de inadimplência e com alta exposição ao e-commerce destaque para o Mercado Livre, Magazine Luiza e B2W além de outros grandes players globais como Whirlpool e Carrefour. O fundo acumula queda no ano, nesses níveis acreditamos que o fundo está negociando em patamares atrativos ao considerar a qualidade do seu portfólio.

VIVT3

A Telefônica Brasil S.A., detentora da marca Vivo, é uma das maiores empresa de telecomunicações do país. O controlador é o Grupo Telefónica, um dos maiores conglomerados de telecomunicações do mundo, com presença em 14 países da Europa e América Latina. A operação da empresa consiste em: serviços de voz (fixos e móveis), dados móveis, banda larga fixa, ultra banda larga, TV por assinatura e serviços digitais (como, por exemplo, serviços financeiros e de nuvem).

A Companhia é uma empresa consolidada no mercado e que está migrando suas linhas de negócio para novas tecnologias. Nesse ponto, é possível ver alguma oscilação nos resultados trimestrais ao longo dos próximos períodos, mas entendemos a Telefônica como uma empresa sólida, líder no seu segmento e com forte capacidade de geração de caixa e distribuição de dividendos. 

TAEE11

A TAESA é um dos maiores grupos privados de transmissão de energia elétrica do Brasil. Esse segmento possuí elevada previsibilidade devido à sua estrutura de receitas fixas, o que permite o pagamento de dividendos atrativos. 

De acordo com o Estatuto Social da Companhia, o dividendo anual mínimo distribuído é de 50% do lucro líquido ajustado do exercício. Entretanto, a companhia tem apresentado um histórico de pagamento de bem acima da remuneração mínima que consta em seu Estatuto. Vemos a posição de caixa da Taesa como confortável para manter uma distribuição interessante de lucros em 2021. Somado a isso, o momento é favorável para a companhia que têm expansão de margem com a subida de inflação, como as geradoras e transmissoras de energia cujos contratos são indexados à inflação.

XPCI11

Por questões de compliance, estamos restritos no Fundo XP Crédito Imobiliário e durante o período de restrição não podemos fazer nenhum comentário sobre o ativo. Essa é uma situação temporária que se estende a todo o Grupo XP Inc. Dessa forma, evitando qualquer potencial conflito de interesse, mantemos inalterada nossa posição no fundo XPCI11 sem comentários adicionais. 

Informações Importantes

DISCLAIMER INFORMAÇÕES IMPORTANTES 

Analistas: 

Roberto Indech – CNPI: 1426 

Pietra Guerra – CNPI: 2531

Este relatório de análise foi elaborado pela Clear Corretora, uma marca da XP Investimentos CCTVM S.A. (“XP”) de acordo com todas as exigências previstas na Resolução CVM 20/2021, tem como objetivo fornecer informações que possam auxiliar o investidor a tomar sua própria decisão de investimento, não constituindo qualquer tipo de oferta ou solicitação de compra e/ou venda de qualquer produto. As informações contidas neste relatório são consideradas válidas na data de sua divulgação e foram obtidas de fontes públicas. A Clear não se responsabiliza por qualquer decisão tomada pelo cliente com base no presente relatório. Este relatório foi elaborado considerando a classificação de risco dos produtos de modo a gerar resultados de alocação para cada perfil de investidor. O(s) signatário(s) deste relatório declara(m) que as recomendações refletem única e exclusivamente suas análises e opiniões pessoais, que foram produzidas de forma independente, inclusive em relação à Clear e que estão sujeitas a modificações sem aviso prévio em decorrência de alterações nas condições de mercado, e que sua(s) remuneração(es) é(são) indiretamente influenciada por receitas provenientes dos negócios e operações financeiras realizadas pela Clear. O analista responsável pelo conteúdo deste relatório e pelo cumprimento da Resolução CVM 20/2021 está indicado acima, sendo que, caso constem a indicação de mais um analista no relatório, o responsável será o primeiro analista credenciado a ser mencionado no relatório. Os analistas da Clear estão obrigados ao cumprimento de todas as regras previstas no Código de Conduta da APIMEC para o Analista de Valores Mobiliários e na Política de Conduta dos Analistas de Valores Mobiliários do Grupo XP. O atendimento de nossos clientes é realizado por empregados da Clear. Os produtos apresentados neste relatório podem não ser adequados para todos os tipos de cliente. Antes de qualquer decisão, os clientes deverão realizar o processo de suitability e confirmar se os produtos apresentados são indicados para o seu perfil de investidor. Este material não sugere qualquer alteração de carteira, mas somente orientação sobre produtos adequados a determinado perfil de investidor. A rentabilidade de produtos financeiros pode apresentar variações e seu preço ou valor pode aumentar ou diminuir num curto espaço de tempo. Os desempenhos anteriores não são necessariamente indicativos de resultados futuros. A rentabilidade divulgada não é líquida de impostos. As informações presentes neste material são baseadas em simulações e os resultados reais poderão ser significativamente diferentes. Este relatório é destinado à circulação exclusiva para a rede de relacionamento da Clear, podendo também ser divulgado no site da Clear. Fica proibida sua reprodução ou redistribuição para qualquer pessoa, no todo ou em parte, qualquer que seja o propósito, sem o prévio consentimento expresso da Clear. A Ouvidoria da Clear tem a missão de servir de canal de contato sempre que os clientes que não se sentirem satisfeitos com as soluções dadas pela empresa aos seus problemas. O contato pode ser realizado por meio do telefone: 0800 771 5454. SAC. 0800 774 0402. O custo da operação e a política de cobrança estão definidos nas tabelas de custos operacionais disponibilizadas no site da Clear: https://www.clear.com.br/site/custos. A Clear se exime de qualquer responsabilidade por quaisquer prejuízos, diretos ou indiretos, que venham a decorrer da utilização deste relatório ou seu conteúdo. A Avaliação Técnica e a Avaliação de Fundamentos seguem diferentes metodologias de análise. A Análise Técnica é executada seguindo conceitos como tendência, suporte, resistência, candles, volumes, médias móveis entre outros. Já a Análise Fundamentalista utiliza como informação os resultados divulgados pelas companhias emissoras e suas projeções. Desta forma, as opiniões dos Analistas Fundamentalistas, que buscam os melhores retornos dadas as condições de mercado, o cenário macro econômico e os eventos específicos da empresa e do setor, podem divergir das opiniões dos Analistas Técnicos, que visam identificar os movimentos mais prováveis dos preços dos ativos, com utilização de “stops” para limitar as possíveis perdas. O investimento em ações é indicado para investidores de perfil moderado e agressivo, de acordo com a política de suitability praticada pela Clear. Ação é uma fração do capital de uma empresa que é negociada no mercado. É um título de renda variável, ou seja, um investimento no qual a rentabilidade não é preestabelecida, varia conforme as cotações de mercado. O investimento em ações é um investimento de alto risco e os desempenhos anteriores não são necessariamente indicativos de resultados futuros e nenhuma declaração ou garantia, de forma expressa ou implícita, é feita neste material em relação a desempenhos. As condições de mercado, o cenário macroeconômico, os eventos específicos da empresa e do setor podem afetar o desempenho do investimento, podendo resultar até mesmo em significativas perdas patrimoniais. A duração recomendada para o investimento é de médio-longo prazo. Não há quaisquer garantias sobre o patrimônio do cliente neste tipo de produto.