Inteligência Artificial: como ela se aplica no mercado financeiro?

A inteligência artificial (IA) é uma tecnologia em constante desenvolvimento que permite o avanço de diversas áreas. Atualmente, ela tem impacto direto nos resultados da indústria, da medicina, de instituições financeiras e outros segmentos. 

Entender como funciona a inteligência artificial no mercado financeiro é papel importante para os profissionais da área, principalmente para aqueles que buscam potencializar suas operações ou que ainda não entendem muito de investimentos. 

Essa tecnologia pode ser uma mão na roda pelas suas ferramentas em desenvolvimento que auxiliam investidores em suas escolhas com base nas análises de mercado, como a AIA, a Personal Trader da Clear Corretora. 💡 

Quer saber mais sobre o tema e conhecer suas aplicações em diferentes áreas, incluindo o mercado financeiro? Acompanhe! 😉 

O que é inteligência artificial (IA)? 

A inteligência artificial (IA) é um campo de pesquisa desenvolvido pela ciência da computação com o objetivo de criar mecanismos e dispositivos capazes de simular as habilidades humanas de encontrar problemas, desenvolver soluções, analisar cenários e pensar.  

A cada passo que a inteligência artificial dá, ela é capaz de desenvolver habilidades de soluções de problemas e pensamento analítico em máquinas, ajudando empresas em determinadas funções que antes eram exclusivas de profissionais da área. 

O campo da inteligência artificial é muito amplo e engloba também o conceito de Machine Learning — ou aprendizado da máquina —, que possibilita que as ferramentas tecnológicas não só “pensem” e executem ações, como também “aprendam” a partir dos dados coletados no dia a dia de uso. 🤖 

Dessa forma, a inteligência artificial consegue desenvolver ferramentas muito importantes que ajudam na medicina, na produção das indústrias e no mercado financeiro

Antes de falar das aplicações da inteligência artificial e saber como ela se aplica no mercado financeiro, vale a pena conhecer quais são os seus tipos. Veja! ⬇️ 

Quais são os tipos de inteligência artificial? 

A inteligência artificial possui diferentes tipos baseados na sua capacidade e classificação técnica.  

Em relação à categoria de capacidade, IA é dividida em quatro categorias: 

  • Máquinas reativas: é o modelo primário em que suas funcionalidades não são baseadas na memória; 
  • Memória limitada: tipo de IA capaz de absorver dados históricos para aprendizado; 🧠 
  • Teoria da mente: nível atual de desenvolvimento da inteligência artificial com uma capacidade de análise maior; 
  • Autoconsciente: conceito mais futurístico que desenvolve a hipótese de a máquina conseguir ter e compreender emoções, necessidades, crenças e até mesmo vontade própria. 
A imagem mostra uma mulher, que veste uma roupa branca, usando um óculos de realidade virtual, que está relacionado a interações por meio de ferramentas de inteligência artificial.

Agora, vamos conhecer algumas aplicações da inteligência artificial no mercado financeiro! 🤑 

Como funciona a inteligência artificial no mercado financeiro? 

O mercado financeiro é um dos setores que se beneficia dos avanços da inteligência artificial. Hoje é possível citar muitas formas de aplicação neste setor, mas podemos começar com as principais.  

👉 Sem a inteligência artificial, o mercado financeiro e o setor bancário não teriam condições de oferecer propostas aos clientes, fazer transações rápidas por dispositivos móveis e muito mais. 

Sabendo disso, confira algumas aplicações da inteligência artificial no mercado financeiro.  

Análise de risco de crédito 

A inteligência artificial é utilizada para fazer a análise de uma série de dados de clientes de forma segura, e também decidir de acordo com as políticas de cada instituição financeira quais são as oportunidades disponíveis para cada pessoa. 

Este processo de análise é feito de forma instantânea — o que ajuda a prevenir a inadimplência com base no perfil do cliente, além de sugerir oportunidades para clientes que acabam contratando os serviços, aumentando os negócios do banco. 

Prevenção de fraudes  

A inteligência artificial é capaz de analisar padrões e encontrar anormalidades em transações dentro do mercado financeiro. Essa é uma forma de prevenir fraudes e até erros que podem prejudicar um negócio. 

Jurídico inteligente  

A IA analisa padrões e encontra formas e estratégias para prevenir problemas jurídicos, bem como facilita o processo burocrático e oferece soluções importantes que podem fazer a diferença no bolso do cliente ou nas operações de uma instituição financeira. 

Análise de investimentos  

A capacidade analítica do investidor com base no mercado e dados históricos pode ser desempenhada pela inteligência artificial de forma mais técnica.  

Isso possibilita o fornecimento de soluções e ideias de investimentos a clientes com maiores chances de sucesso. 

Quais são as aplicações da Inteligência Artificial? 

A seguir, você conhecerá mais sobre a AIA, a Personal Trader da Clear e também outras aplicações da inteligência artificial (IA).  

Assistência e Automação  

Atualmente, existem assistentes virtuais muito famosas, como a Alexa e a Siri. Elas são exemplos de inteligência artificial aplicada no dia a dia, que também englobam aspectos de automação residencial — melhorando a segurança e o conforto dos usuários. 

Bancos  

Transações instantâneas, análises de crédito e risco, oferecimento de produtos e prevenção de fraudes são alguns exemplos que fazem a inteligência artificial essencial na operação das instituições financeiras. 

Suporte ao cliente  

O suporte e atendimento ao cliente podem ser feitos pela inteligência artificial por meio de chatbots que aprendem constantemente com os problemas registrados nos dados. Eles podem identificar padrões, oferecer soluções e diminuir o tempo de espera por um atendente, se é que ele chegue a ser necessário.  

A partir disso, a inteligência artificial se torna capaz não só de oferecer soluções, como corrigir erros e tomar medidas que ajudam clientes antes que seja necessário um atendimento especializado. Com isso, além da experiência do consumidor se tornar melhor e mais completa, a sobrecarga de atendentes humanos diminui. 

Games  

A inteligência artificial aplicada aos jogos de videogames tem o objetivo de criar entretenimento cada vez mais divertido e imersivo para os usuários.  

Ela permite o desenvolvimento de games que trazem situações personalizadas e reagem de acordo com o nível de dificuldade do jogador. 🎮 

A IA para games se desenvolveu muito, acompanhando o boom da indústria dos games. Um exemplo básico e popular da sua aplicação nos games é a possibilidade de jogar partidas contra o computador. 

Além disso, as empresas buscam cada vez aprimorar a capacidade de processamento de videogames e computadores, o que influencia diretamente na atuação da inteligência artificial nesse segmento.

 Na imagem temos um homem jovem usando um óculos de realidade virtual com um controle de videogame na mão, em referência ao uso da inteligência artificial em jogos.

Entretenimento  

O setor de entretenimento está cada vez mais desenvolvido com a ajuda da inteligência artificial. Um exemplo disso é o Metaverso, um universo simulado virtualmente que proporciona a interação entre pessoas e traz uma experiência única.  

Isso ocorre a partir de ferramentas, como a inteligência artificial e a realidade virtual, que são inseridas com a possibilidade de simular interações humanas e oferecer uma variedade de inovações que complementam a experiência de cada pessoa. 

Personal Trader  

A AIA, a Personal Trader da Clear Corretora, é uma tecnologia que busca auxiliar no gerenciamento de risco e gestão emocional de traders ao operar minicontratos.  

Nesse sentido, a AIA analisa as suas operações durante o pregão, identifica potenciais vieses cognitivos (que já ocorreram ou que têm alta probabilidade de ocorrer em breve) e envia mensagens personalizadas.  

Com isso, ela busca, não apenas explicar o viés identificado, mas reforçar esse padrão na sua memória de curto prazo até que você seja capaz de se autorregular — identificando o viés antes que ele surja e evitando-o. Assim, é possível minimizar seus riscos e aumentar o potencial de ganho.  

Essa ferramenta é uma grande aliada para os traders. Afinal, sabemos que, além de muita técnica, é preciso ter um emocional controlado na hora de operar e a AIA ajuda nesse momento. Perfeito, não é mesmo? 😉 

Por exemplo, se os valores dos seus ativos estiverem caindo, a tendência de muita gente é vendê-los rapidamente. Porém, há aqueles que comprariam ainda mais. Essa ação também é chamada de Estratégia de Martingale, que busca recuperar perdas e obter lucros. 

Contudo, essa técnica é considerada de alto risco, principalmente no day trade. Por isso, além de operar com stop loss, por exemplo, é interessante contar com a ajuda e dicas de uma Personal Trader. 

Além do viés de Martingale, a AIA ajuda a identificar diversos outros vieses amplamente estudados pela psicologia comportamental, como a aversão à perda, viés de excesso de confiança, viés de disposição, efeito House Money, entre outros.

Conclusão  

A inteligência artificial (IA) tem um longo caminho a ser percorrido e quanto mais ela se desenvolve, mais soluções interessantes são criadas para facilitar a vida das pessoas.  

Para o mercado financeiro, a Assistente de Inteligência Artificial (AIA) é uma ferramenta que traz soluções inovadoras e essenciais para os profissionais da área. 

Se você ainda não conhece a Personal Trader e como ela pode impactar positivamente suas operações no day trade, abra uma conta na Clear, conheça a AIA e opere com o suporte para potencializar seus investimentos. 

Bora pra cima! 🚀

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *