Mercado de Balcão (OTC): O que é e como operar?

Mercado de Balcão (OTC): O que é e como operar?

Navegue por assunto


Por: Time Master Clear

21/01/2022 • Atualizado: 03/05/2022

8 minutos

Compartilhar:

Na sua jornada de investimentos, você já se deparou com o conceito de mercado de balcão ou OTC –abreviação de over the counter

Caso já tenha visto os termos por aí e bateu aquela curiosidade pra entender o que significa, a gente preparou esse conteúdo te contando o que é mercado de balcão e como operar em OTC, além de enfatizar as diferenças entre esse tipo de mercado e a Bolsa de Valores

Assim, você pode expandir suas possibilidades de diversificação de investimentos com mais segurança. Vamos lá? 👇 

OTC: o que é? 

OTC é a sigla para over the counter, em português, mercado de balcão, uma expressão que vem dos tempos em que os ativos eram negociados em balcões das corretoras. O mercado de balcão é o ambiente onde se fazem as transações com títulos e valores imobiliários. É lá que acontecem as negociações com ativos e títulos que não estão registrados na B3, a bolsa de valores brasileira

Ainda que seja muito flexível, o mercado de balcão segue uma regulamentação, ou seja, opera sob as regras da Sociedade Operadora de Mercado de Ativos (Soma), criada em 1996. Em 2002, a Soma foi comprada pela B3 e, assim, passou a se denominar Soma Fix, sendo responsável pelos registros das transações do mercado de balcão. 

Ao lado da Soma Fix, atua a Central de Custódia e Liquidação Financeira de Títulos Privados (Cetip), cuja missão é garantir transparência para as negociações na OTC. A Cetip responde pela maior parte das operações eletrônicas ali realizadas. Vale acrescentar que o mercado de balcão também precisa seguir as regras da Comissão de Valores Mobiliários (CVM). 

Como funciona o mercado de balcão? 

O mercado de balcão funciona de forma descentralizada, com menos burocracia, permitindo uma negociação mais direta entre compradores e vendedores de ativos e títulos que não estão registrados na B3. Ainda que siga regulamentações, não há o mesmo controle existente na B3. Mas, de qualquer modo, a CVM garante sua segurança institucional. 

O mercado de balcão pode ser feito por meio de plataformas digitais ou por telefone. Ele pode ser de dois diferentes tipos: mercado de balcão organizado e mercado de balcão não organizado. 

O OTC negocia ativos e títulos variados, como ações, cotas de fundo de investimento, carteiras referenciadas de ativos, valores mobiliários e títulos autorizados pela CVM e criptomoedas, como os bitcoins. As corretoras de valores, como a Clear, são as instituições que podem intermediar as transações no mercado de balcão, por meio de um home broker ou um aplicativo de investimentos

Mercado de balcão e Bolsa de Valores 

A foto mostra um homem de lado para a câmera, olhando para uma tela de televisão na parede ao fundo. Nas mãos, ele carrega um tablet. Ambos os aparelhos estão ligados em uma plataforma de negociação de ações ou do mercado de balcão.
Existem diferenças importantes entre o mercado de balcão e a Bolsa de Valores. Por isso, se você está começando no mundo dos investimentos, é bom tê-las em mente.

O mercado de balcão e a bolsa de valores não são a mesma coisa, e guardam, entre si, algumas diferenças marcantes.  

É muito mais simples disponibilizar investimentos no OTC do que na B3, por exemplo, porque para operar na bolsa e comercializar suas ações, as companhias precisam respeitar uma série de práticas de governança corporativa, o que gera muito mais burocracia. Os custos para operar na B3 também são mais altos para as empresas. 

A operação na bolsa segue normas mais complexas e fechadas. Já no mercado de balcão, a flexibilidade é bem maior, ainda que siga as regras da CVM. Outro ponto destacável é que as empresas podem registrar suas operações no mercado de balcão organizado apenas no término do pregão.  

Mas a principal diferença é que, ao contrário da bolsa, no mercado de balcão não há um intermediário entre quem investe e as companhias. E mais: não há taxas para se negociar ativos no OTC. 

Já possui conta na Clear? Ainda não? Então abra sua conta, e invista com corretagem zero na especialista na Bolsa. 

Mercado de balcão organizado 

O mercado de balcão organizado, ou regulamentado, é utilizado como uma espécie de etapa de adaptação de empresas que pretendem operar na bolsa de valores. No mercado de balcão organizado, as transações são registradas na Soma Fix, mas sem o rigor da bolsa.  

É preciso destacar que, no mercado de balcão organizado, há intermediação de instituições financeiras, que formalizam as negociações em câmaras de registro. 

Mercado de balcão não organizado 

O mercado de balcão não organizado oferece títulos ou ativos que não encontram espaço para serem comercializados no mercado de balcão organizado e na própria B3.  

No mercado de balcão não organizado as operações simplesmente não são registradas, e não há supervisão de alguma instituição reguladora.  

Até 1996, antes da criação da Soma, havia apenas esse tipo de mercado OTC. Especialistas ressaltam que a falta de registro desfavorece a transparência em relação ao preço dos ativos e os volumes negociados ali. 

Operar em OTC 

Depois de entender o que é mercado de balcão, você deve estar se perguntando: mas como operar em OTC?  

Na sequência, a gente mostra quais são os tipos mais comuns de operações no mercado de balcão: 

  1. Ordem administrada: a corretora ou instituição financeira define a quantidade e as características principais dos ativos ou direitos comprados ou vendidos; 
  2. Ordem a mercado: também define a quantidade e as características dos ativos ou direitos comercializados, mas a execução acontece no momento em que for recebida por um intermediário; 
  3. Ordem limitada: é executada tão somente a um preço igual ou melhor do que aquele definido por quem é cliente; 
  4. Ordem casada: uma ordem de venda de um ativo é conjugada com uma ordem de compra de outro ativo, e só ocorre se ambas as transações puderem acontecer; 
  5. Ordem on-stop: ordem que define o patamar de preço para que a ordem de compra ou venda aconteça. 

Estratégia de opções (direitos ligados a algum ativo financeiro) 

Há diferentes formas de se investir no mercado de balcão, isto é, existem algumas estratégias de opções das quais é possível fazer uso. 

Essas maneiras de negociar opções vão além da simples compra. São várias as estratégias de opções adotadas, como a trava de alta, trava de baixa, borboleta, venda a descoberto, straddle, entre outras.  

Para entender qual é a melhor alternativa para o seu perfil de risco, é possível conversar com alguma pessoa analista da sua corretora e, através de análises, como a fundamentalista e a técnica, você é capaz de potencializar seus ganhos. 

O que são opções binárias 

Opções binárias, também conhecidas como opções digitais ou de retorno fixo, são investimentos que têm como base a expectativa de movimento de alta ou de queda do ativo.  

A pessoa que investe seus recursos em uma opção binária acredita que elas seguirão uma tendência de alta ou de queda de um determinado ativo. Esse movimento de valorização ou desvalorização pode acontecer em um intervalo de 15 segundos a 30 minutos, portanto, é preciso muito conhecimento e dedicação para investir nas opções binárias. 

📘 Saiba tudo sobre as opções binárias e como elas funcionam! 

É vantajoso operar em OTC? 

A foto mostra o rosto de uma mulher, que usa óculos, em expressão pensativa, olhando para o lado.
Assim como todo tipo de investimento, o mercado de balcão oferece vantagens e desvantagens. Confira alguma delas abaixo.

Uma das maiores vantagens de operar em OTC é a facilidade de se investir nele, com menos burocracia e sem taxa. Livres da competição com grandes companhias na Bolsa de Valores, as pequenas empresas têm mais chances de atrair pessoas investidoras no mercado de balcão, e isso pode proporcionar investimentos com boa rentabilidade.  

Mas existem algumas desvantagens também, e a própria facilidade de se investir nele, com menos burocracia, acaba por estabelecer uma regulação menor do que a da Bolsa. As exigências são bem menores, é possível negociar diretamente com as corretoras em sigilo, e há quem acredite que isso significa menos transparência no processo. 

Onde começar a operar no mercado de balcão? 

Como a gente te contou ao longo desse conteúdo, para operar no mercado de balcão é preciso abrir conta em uma corretora de valores. 

Aqui na Clear, você pode abrir sua conta de forma 100% gratuita e on-line, e também não paga nada de taxa de corretagem

Além disso, a gente disponibiliza conteúdos gratuitos para você aprender tudo sobre o mercado da renda variável, que podem ser facilmente encontrados em nosso canal do Youtube ou em nosso blog. 

Ficou com alguma dúvida? Conta pra gente! 

E bons investimentos pra você! 

Abra sua conta na Clear e opere com a corretora especialista em trading.