[xp_hellobar][/xp_hellobar]

O que é liquidez nos investimentos?

O que é liquidez nos investimentos?

Navegue por assunto


A foto mostra as mãos de uma mulher segurando várias notas de dólares. Ao fundo, um homem no sofá e uma mesinha com objetos em cima.

Quando a gente fala em investir no mercado financeiro, existem três fatores fundamentais para considerar caso você esteja querendo fazer a melhor escolha: o “tripé dos investimentos” inclui o riscoa rentabilidade e a liquidez. Neste conteúdo, vamos tratar sobre o que é liquidez e qual é sua influência nessa tríade. 

Se você está começando a investir agora, ou tem interesse nesse ramo e está considerando algumas alternativas ainda, saber o que é liquidez em finanças pode dar aquela mãozinha na hora de começar a operar. 

Então, prepare-se e vamos lá! 🙅‍♂️ 

O que é liquidez? 

A liquidez de um ativo corresponde ao nível de facilidade de convertê-lo em dinheiro; ou seja, a liquidez em finanças é a capacidade de transformar um ativo, seja ele um bem, como um imóvel, ou um investimento, como um certificado de depósito bancário (CDB), em dinheiro. 

Assim, quando um investimento tem alta liquidez, significa que ele pode ser vendido muito rapidamente, enquanto um ativo com pouca liquidez, demorará mais para ser convertido em dinheiro.  

No mercado financeiro, há investimentos de alta e baixa liquidez – inclusive, sempre falamos por aqui como é interessante manter a sua carteira de investimentos diversificada.  

Portanto, se a meta for alcançar resultados cada vez mais assertivos, é bom ter, na ponta da língua, a definição de o que é liquidez. E é preciso se atentar, também, ao risco de liquidez. 

Já ouviu falar do risco de liquidez? É o risco de não conseguir resgatar um investimento no curto prazo, caso você venha a precisar. Os investimentos em fundos imobiliários (FIIs) são exemplos de fundos que, geralmente, não conseguem ser convertidos muito rapidamente. 

O que é liquidez geral? 

Liquidez geral é a avaliação do histórico de liquidez dos seus investimentos, trata-se de um conceito contábil muito importante para análises de perdas e lucros empresariais ao longo do tempo, a fim de identificar, por exemplo, tendências de mercado. 

O que é liquidez diária? 

Liquidez diária é o que incide sobre um investimento que pode ser resgatado diariamente, como um certificado de depósito bancário (CDB).  

Nesse caso, embora alguns CDBs sejam investimentos de prazo fixo, podem possuir essa condição.  

Investimentos desse tipo podem ser os mais adequados para quem está aplicando um dinheiro que não está exatamente sobrando, e que pode ser demandado a qualquer momento. 

Sabendo o que é liquidez diária (e depois de ter entendido que talvez esse seja um bom investimento para o seu perfil), é provável que a pessoa investidora busque por investimentos que permitam um resgate de dinheiro menos restritivo. 

O que é liquidez imediata? 

Liquidez imediata é quando você resgata seu dinheiro e o recebe imediatamente ou no mesmo dia da solicitação. Também conhecida como D+0, a liquidez imediata incide em investimentos como Tesouro Direto, ou outros fundos de investimento (observar no prazo de cotização e resgate) e, eventualmente, em produtos de renda fixa, como CDBs ou LCIs e LCAs, desde que tenham essa condição expressa no produto. 

Na Clear você conta com corretagem zero nos melhores produtos do mercado. Abra sua conta e dê o primeiro passo para conquistar sua liberdade financeira. 

O que é liquidez no vencimento? 

A foto mostra um homem debruçado, com os braços sobre uma mesa de madeira, olhando para um notebook aberto à sua frente.
A liquidez no vencimento exige atenção aos prazos.

Liquidez no vencimento é quando o dinheiro é depositado na sua conta somente no dia do vencimento. A maior parte dos produtos de renda fixa como CDBs, LC, LCA, LCI, etc, se enquadram neste tipo de liquidez por possuírem a característica de prazo fixo e, caso consiga resgatá-los antes, será com perda de rentabilidade. 

O que é liquidez D+30? 

Liquidez D+30 é quando o pagamento é realizado somente após 30 dias do pedido de resgate. Isso é muito comum em vários fundos de investimento.  

Mas é preciso ter atenção, porque você efetivamente terá que esperar por este prazo para ter o dinheiro em mãos. Se você sabe que precisará daquela soma em uma determinada data, deve solicitar o resgate 30 dias antes. Ou, então, não aplicar em um fundo com liquidez D+30. 

O que é liquidez nula? 

A liquidez é nula quando não há um prazo determinado para o dinheiro entrar na sua conta

É praticamente impossível estimar quanto tempo um imóvel, por exemplo, demorará para ser vendido, pois a venda depende de encontrar alguém interessado/a, em resolver toda a burocracia da venda, e só depois disso é que dá pra saber quando vai dar pra contar com aquele dinheiro. 

Liquidez e rentabilidade: qual a diferença? 

Depois de saber o que é liquidez (a capacidade de um ativo de ser transformado em dinheiro), fica mais fácil diferenciá-la da rentabilidade, que é o percentual de remuneração que o seu investimento pode retornar. 

Muitas vezes, um investimento que traz uma rentabilidade maior tende a ter uma liquidez menor. Se você compra um título privado e se compromete a mantê-lo por 12 meses, por exemplo, muito provavelmente a rentabilidade será maior do que a de um papel com resgate diário. 

Mas, se você tem um propósito específico, e sabe que vai precisar daquele dinheiro muito em breve, é mais interessante escolher investimentos de alta liquidez.  

Uma reserva de emergência, por exemplo, precisa estar disponível justamente para cobrir eventualidades. Mas se você pode pensar a longo prazo, pode ser mais assertivo buscar investimentos com rentabilidade maior. 

Ambos os conceitos são fundamentais na hora de decidir onde aplicar seu dinheiro. Por isso, vale a pena estudar sobre a área e o tipo de investimento que você deseja para a sua carteira e que dão match com o seu perfil. 

Conheça a Clear 

Bom, indiscutivelmente, é preciso investir tendo sempre em mente: segurança, rentabilidade e liquidez – e como essas variáveis se relacionam com seu perfil de risco. Quando você pensa neste tripé dos investimentos, alcança resultados melhores e mais assertivos.  

Mas ainda é preciso definir qual é o seu perfil de pessoa investidora: conservador, moderado ou agressivo, além de entender quais são suas necessidades e qual é a liquidez que você espera de seus investimentos. 

É pra isso que a Clear tá aqui. 

Temos corretagem zero em todos produtos, além de taxa zero de custódia. Através dos nossos conteúdos, nossa equipe de analistas especialistas pode te ajudar a escolher os melhores e mais adequados investimentos, entre produtos de renda variável (como ações, ETFs, minicontratos, fundos imobiliários, entre outros) e Tesouro Direto.