Fundo duplo: aprenda a identificar esse padrão de reversão

O fundo duplo é um padrão gráfico muito utilizado em análises do mercado financeiro, principalmente, por investidores e traders na hora de tomar suas decisões e operar na bolsa de valores.

Trata-se de um componente importante da análise técnica de ativos, portanto, saber como analisar e trabalhar com esse padrão gráfico faz muita diferença — podendo representar muitos ganhos, e também sinal para encerrar suas operações, tanto para o investidor quanto para o trader profissional.

Quer entender tudo sobre o fundo duplo? Então acompanhe este artigo! 👇

O que é o fundo duplo?

Fundo duplo é um padrão gráfico, ou figura de reversão, que indica movimentos de reversão de tendência nos preços dos ativos negociados na Bolsa de Valores. De modo geral, ele sinaliza o final de um movimento de baixa causado por uma pressão compradora.

Geralmente, o fundo duplo pode se manifestar para qualquer tipo de ativo, porém é mais utilizado na prática para a tomada de decisão em ações, minicontratos, ETFs, etc.

Portanto, ele é uma figura gráfica que se mostra quando o preço do ativo está em baixa e começa a realizar uma reversão para alta. Indicando assim oportunidades de entrada no ativo.  💡

Veja o exemplo de um fundo duplo:

exemplo de uma imagem gráfica que representa um fundo duplo.

Quais são as principais características do fundo duplo?

O padrão de fundo duplo possui algumas características marcantes e que contribuem com a análise técnica do trader ou investidor. Esses elementos podem facilitar o estudo do ativo e tomada de decisão de compra ou venda.

Os fundos de um ativo podem ocorrer não apenas em uma única faixa de preço, mas também em suas proximidades. Outra característica é a projeção, que é o objetivo de alta que pode alcançar uma vez que ele rompa a resistência.

A projeção por sua vez é calculada pegando a altura do padrão, a distância vertical entre a linha que liga os fundos e a máxima do topo.

Além do fundo duplo, ainda há a figura do fundo triplo. Esse padrão é um pouco menos comum nos gráficos, e ocorre quando o preço da ação ou ativo forma mais um fundo antes da reversão de tendência. Ele surge quando o movimento de compra toma mais tempo para vencer o movimento de venda.

No fundo triplo também é possível traçar uma linha de resistência no suporte formado pelos três fundos no gráfico.

Como identificar um fundo duplo?

Identificar a formação de um fundo duplo pode ser simples ao fazer a análise técnica de um ativo no gráfico. Veja:

Quando o preço de uma ação vem de uma série de quedas, ele forma um “fundo”, ou seja, para de cair e faz um movimento de alta mais forte. Em seguida, o ativo tem uma nova queda, testa o fundo anterior no gráfico, não rompe e volta a subir mostrando força compradora novamente.

Esse movimento composto de duas quedas ao fundo com uma alta entre ambas forma, no gráfico, a letra “W”. Quando esse padrão se manifesta, o trader está diante de uma boa oportunidade para compra das ações. 💸

Agora, é preciso que ele fique atento para confirmar primeiro se o fundo duplo se concretizou. Para isso, ele precisa acompanhar um pouco mais o gráfico e perceber alguns sinais para confirmar a reversão da tendência. Essa confirmação acontece quando o preço rompe a linha de resistência (topo anterior), indicando que a figura foi acionada e a reversão se inicia.

Qual a diferença entre fundo duplo e topo duplo?

De uma forma geral, os padrões de fundo duplo e topo duplo são praticamente iguais. Ambos apresentam movimentos onde ocorre uma reversão de tendência nos preços de um ativo. A diferença reside, basicamente, no sentido em que ocorre a reversão de tendência das figuras gráficas.

O fundo duplo ocorre quando quedas seguidas batem num fundo de preços, sobem levemente, voltam a cair ao fundo e então inicia a reversão para alta.

Já o topo duplo se forma a partir de uma série seguida de altas nos preços de um ativo, até que a cotação bate no teto do preço. Em seguida, a cotação apresenta uma queda rápida e volta a subir formando um novo teto.

A partir desse ponto, inicia-se uma reversão de tendência para queda no preço do ativo. No gráfico, o topo duplo forma a letra “M”, e a confirmação da figura é feita a partir da queda nos preços do ativo.

👉Confira os 13 Melhores livros para Day Traders

A imagem mostra uma mulher branca de cabelo colorido centrada utilizando um computador, em referência a análise do fundo duplo. Ela está em um ambiente mais escuro que apresenta uma luz de fundo.

Como operar um fundo duplo e triplo?

Existem formas diferentes de operar com os padrões de fundo duplo e fundo triplo no day trade e também no swing trade. Para obter os melhores resultados, algumas táticas podem ser adotadas durante as operações. Confira cada uma delas a seguir.

  • Rompimento: Essa é a tática mais comum operando com fundos duplos e triplos. O trader espera a formação do padrão acontecer e então entra comprado assim que a resistência de preços for rompida;
  • Projeção e objetivo: O trader traça a medida entre o suporte e o topo do preço e projeta o mesmo tamanho acima da resistência como alvo, buscando lucrar nesse movimento. É uma tática interessante, pois, pode entregar boa rentabilidade, porém o stop (risco) geralmente é grande;
  • Confirmação: Consiste em verificar, na análise técnica, as características de volume e desenho do gráfico para então traçar as linhas de suporte.
  • Candle de Rompimento: Funciona mais como um método de confirmação da reversão dos preços. Consiste no trabalho do trader de observar com cuidado se os primeiros candles após o rompimento confirmam que a tendência do preço agora é para alta.

Em relação ao fundo triplo, as mesmas táticas para operar com esse padrão são válidas.

O fundo triploocorre quando, antes da reversão de tendência, o preço do ativo sobe novamente para testar o topo no gráfico. a sua figura é bem parecida com o OCOI (Ombro-Cabeça-Ombro Invertido), porém o topo do meio tem altura parecida com suas laterais.

Conclusão

Agora que você já sabe o que é o fundo duplo, é possível notar a sua importância para a análise técnica de um trader.

Vale ressaltar que o trader deve entender bem como identificar o padrão de reversão no gráfico. Assim, ele sempre será capaz de perceber qual o melhor momento para realizar suas operações.

Além disso, esse profissional pode contar com o apoio e suporte da ferramenta de Inteligência Artificial da corretora Clear, a AIA. Clique aqui e entenda um pouco mais sobre o papel da inteligência artificial no mercado financeiro.

Bora pra cima! 🚀

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *