Trader: entenda a profissão de quem opera na Bolsa

Trader: entenda a profissão de quem opera na Bolsa

Navegue por assunto


Por: Time Master Clear

11/02/2019 • Atualizado: 23/03/2022

7 minutos

Compartilhar:

Aprenda como funciona a profissão de trader e como ingressar nesta carreira 

No universo do mercado financeiro existem diversas maneiras para quem deseja estudar e se especializar para se tornar um profissional da área. Dentre vários caminhos, existe um que tem ensaiado uma crescente quanto ao número de pessoas nos últimos anos: a profissão de trader na Bolsa de Valores.

Mas o que faz um trader? Nesta matéria, Bea Aguillar explica o que é a profissão trader e como é possível seguir carreira na Bolsa.

O que é trader?

O trader é o investidor que costuma ter foco no curto prazo e está sempre em busca de encontrar boas oportunidades na Bolsa de Valores, comprando e vendendo os mais diversos ativos, desde ações até commodities (dólar, euro, milho, boi, café, entre outros).

Este profissional pode trabalhar por conta própria investindo o próprio dinheiro, além da possibilidade de se especializar para trabalhar para corretoras, bancos e assets.

Quer se tornar um trader e começar a operar na Bolsa? Abra sua conta na Clear! 

Áreas de atuação do trader

Quando o trader decide trabalhar para alguma instituição financeira, são exigidos alguns certificados que possibilitam o profissional de ter autonomia em suas escolhas, pois, muitas vezes, ele mesmo poderá decidir quais ativos comprar e vender, diferentemente da profissão broker, que é apenas quando o profissional executa as ordens previamente sugeridas.

O trader que trabalha para corretoras, bancos e assets costuma ter um valor sob sua gestão, ou seja, ele tem a missão de gerar rentabilidade conforme suas escolhas, mesmo que nem sempre seja possível, pois a Bolsa de Valores se trata de um mercado de renda variável, no qual é possível ganhar ou perder dinheiro, dependendo da estratégia adotada e do conhecimento do profissional.

Trader autônomo

trader segurando celular com tela de cotação de ações aberto

Outra opção muito comum é se tornar um trader autônomo, ou seja, trabalhar com seu próprio dinheiro e com suas próprias ferramentas.

O trader autônomo costuma trabalhar de casa e por conta própria. Apesar de muitos considerarem uma profissão solitária, ela pode ser altamente lucrativa, mas vale lembrar que não é possível obter garantias quando falamos de renda variável e tudo pode depender da estratégia adotada pelo trader e da regularidade ao operar.

Mesmo que o trader possa trabalhar de onde quiser, ele precisa entender que para que a chances de sucesso sejam maximizadas, é preciso ter as mesmas responsabilidades de um emprego qualquer, como horário para operar, boas ferramentas de trabalho, disciplina, entre outros.

Além disso, é necessário compreender como funcionam os módulos de negociação em que o trader pode operar, como o Day Trade, no qual a compra e venda de um ativo acontecem no mesmo dia, ou no Swing Trade, no qual as negociações dos ativos podem demorar vários dias ou semanas.

Quanto é possível ganhar com essa profissão?

Se você optar por ser trader autônomo, é fundamental entender que não há garantia de lucro, ou seja, sua rentabilidade poderá variar entre poucos reais até grandes quantias, dependendo da quantia em dinheiro que será alocado para suas operações.

Existem pessoas que conseguem ganhar pequenas quantias e outras que conseguem fazer milhões como trader, mas o foco aqui é que, muitas vezes, quando as metas são por valores financeiros maiores é necessário entender que, caso haja prejuízo e o trader não tenha um bom gerenciamento de risco, ele pode perder mais do que ganhou.

Por isso, caso você esteja querendo se tornar um trader profissional, é importante saber exatamente quanto é possível rentabilizar com o capital possuído, bem como estipular metas e limites de perda para que você não corra o risco de perdê-lo completamente.

Já o trader que trabalha para alguma instituição financeira, geralmente possui um salário mensal somado a alguns benefícios e bonificações, caso as metas sejam alcançadas.

Vamos supor que o profissional tenha R$5.000.000,00 sob gestão e ele consiga bater a meta estipulada pela instituição financeira de rentabilizar esse capital em 30% a.a, por exemplo, neste caso, provavelmente ele irá receber uma bela comissão por essa rentabilidade

Abra sua conta na Clear e trabalhe por conta própria investindo na Bolsa de Valores. 

Quais características um trader precisa ter?

E quais são as características mais importantes que um trader deve ter? Pois bem, primeiro, é preciso frisar que é totalmente possível viver apenas com os ganhos que essa profissão pode trazer, porém, provavelmente isso só ocorrerá, caso o trader tenha conhecimento técnico e muita disciplina.

Muitos pensam que é necessário ter milhares de informações, inclusive privilegiadas e uma aptidão acima da média para conseguir se tornar trader, mas na realidade é muito mais simples do que isso.

Conhecimento técnico

Adquirir conhecimento técnico é o primeiro passo. Nele, o trader procura estudar e conhecer diversas metodologias e realmente colocá-las em prática para descobrir qual setup será o mais adequado para começar a operar.

Esse ponto é de extrema relevância, visto que temos centenas de estudos e metodologias que podem ser aplicadas na hora de investir na Bolsa de Valores, como análise técnica, price action, tape reading, entre outros, além de ser essencial considerar que dentro dessas técnicas existem vários indicadores de estudos que podem ser acrescentados à sua estratégia.

Disciplina

A disciplina é, sem dúvidas, o principal pilar para ter sucesso em suas operações, pois é uma característica fundamental para que o profissional consiga seguir o seu plano operacional sem colocar em risco seu patrimônio, ganhos e perdas de maneira desnecessária.

A partir do momento em que o trader descobre qual técnica e metodologia irá utilizar para operar no mercado financeiro, é preciso ter disciplina para executar fielmente essa técnica sem envolver aspectos emocionais e psicológicos pois, muitas vezes, são eles que atrapalham o desempenho do operador.

Como começar?

Mas por onde começar caso seu desejo seja se tornar um trader profissional? O primeiro passo é estudar muito, somente assim você entenderá se realmente tem interesse no assunto e vontade de trabalhar na área.

Existem diversos conteúdos digitais para ajudar quem quer investir na profissão, como cursos voltados para o trader autônomo ou até mesmo cursos profissionalizantes para quem quer trabalhar para alguma instituição financeira.

Porém, antes de investir nessa categoria de conhecimento, é interessante que você já tenha pesquisado e entendido quais metodologias quer aprender para que seu investimento seja o mais certeiro possível.

O segundo passo é garantir uma quantia financeira suficiente para investir na Bolsa de Valores. É essencial ter um pequeno capital inicial para que o trader possa se dedicar aos estudos e colocar em prática tudo que aprendeu a fim de conseguir obter algum lucro.

Por fim, o terceiro e último passo é procurar ajuda de profissionais da área que podem te ajudar diariamente e responder suas dúvidas durante o pregão, sejam elas técnicas ou de planejamento.

Para essa etapa é possível acompanhar vários analistas técnicos em salas de trading ao vivo. Geralmente são salas gratuitas, como as que a Clear oferece e é possível aprender diariamente com pessoas que estão há mais tempo no mercado e geralmente possuem um conhecimento técnico muito maior.