Ibovespa Futuro: como funciona o mercado futuro do índice

Ibovespa Futuro: como funciona o mercado futuro do índice

Navegue por assunto


Conheça o Ibovespa Futuro e saiba como operar no índice no mercado futuro

O mercado futuro é um tema que pode gerar dúvidas em alguns investidores. Isso pois nele são negociados contratos de compra e venda de ativos que só são liquidados, como diz o nome, no futuro. Um desses produtos que podem ser negociados é o Ibovespa. Nesse caso, ele é chamado de Ibovespa Futuro.

Mas, para entender o que é e como ele funciona, antes é preciso entender o que é o Ibovespa.

Índice Bovespa e sua importância para o mercado

O Índice Bovespa, conhecido também como Ibovespa, é composto pelas ações com maior volume de negociação na Bolsa de Valores. O índice mede o desempenho dessas ações, e é calculado por uma média ponderada de suas performances.

Então, quando se fala que o Ibovespa subiu, em geral quer dizer que as empresas que compõe o índice, em média, se valorizaram e, por isso, os investidores estão mais otimistas. E o contrário também é verdadeiro. Quando o índice cai, aponta para uma cautela maior por parte do mercado.

Portanto, o Ibovespa funciona como um “termômetro” do mercado financeiro como um todo. Como nele estão as ações de empresas mais negociadas na Bolsa, ele demonstra o sentimento geral do mercado.

Por isso, mesmo que você não invista no índice é interessante acompanhar como ele está.

Mercado futuro: o que é e como funciona?

Mercado futuro é um ambiente da Bolsa de Valores onde são negociados os contratos de compra e venda de mercadorias, que vão desde produtos alimentícios até moedas, commodities, juros e o próprio Índice Bovespa, que serão realizados em uma data futura.

O que é Ibovespa Futuro?

É um contrato derivativo negociado no mercado futuro, no qual negocia-se  uma expectativa do valor, em pontos, que o índice terá em uma data futura. Ou seja, no Ibovespa Futuro é negociado um contrato em que os investidores podem comprar ou vender uma pontuação para o índice futuramente.

Portanto, esse investimento é derivado do índice Bovespa, ou seja, tem seus ganhos ou perdas atreladas ao índice. Todos os contratos do Ibovespa futuro têm uma data de vencimento com uma expectativa de pontos para essa data.

Importante lembrar que é um investimento de renda variável que tem seus ganhos atrelados à variação do Ibovespa. Portanto, é bastante volátil e é considerado de alto risco.

Qual a diferença entre  Ibovespa e Ibovespa Futuro

A diferença principal está naquilo que é negociado: no Ibovespa, quando você compra alguma ação, sabe que ganhará dinheiro se o preço dos papéis subir e,  se esse  preço cair, seu dinheiro se desvalorizará. Já no  Ibovespa Futuro, você negocia a expectativa de um resultado do Ibovespa em uma data futura, que é medido em pontos, e não os papéis.

Como consultar o Ibovespa Futuro?

Como seus valores podem variar, o ideal é acompanhar e consultar o índice em uma plataforma que mostra a cotação em tempo real, para que você esteja sempre atualizado, como o próprio site da B3.

Como funciona o Ibovespa Futuro?

Como falamos, o Ibovespa Futuro negocia a expectativa de pontos do principal índice da Bolsa de Valores. Para ficar mais claro de como funciona o Ibovespa Futuro, vamos dar um exemplo.

Suponha que o Índice Bovespa esteja em 90.000 pontos.

Foi negociado um contrato futuro com vencimento em determinada data em 100.000 pontos.

Para saber se o investidor terá ganhos com a operação, é necessário esperar o dia do vencimento do contrato e observar a pontuação real do índice ao longo do tempo, ou então, no momento que o investidor zera a sua posição, vendendo o que comprou ou comprando o que vendeu.

Se no dia do vencimento o Ibovespa estiver nos mesmos 90.000 pontos, o investidor terá perda pois pagou por um contrato avaliado em 100.000 pontos. Mas se ele estiver em 110.000 pontos, ele sairá ganhando.

Mesmo com o Ibovespa variando diariamente, no caso do Ibovespa futuro o valor que conta é o do dia de vencimento do contrato.

Portanto, para investir nesse mercado é necessário ter a capacidade de fazer previsões sobre a economia, ou utilizando a análise técnica. Contudo, o mercado é imprevisível e extremamente volátil: diferentes fatores podem interferir drasticamente em seus resultados. Por isso, investir no Ibovespa Futuro é para os investidores que tem bastante aptidão ao risco.

Contrato Futuro de Ibovespa e Minicontrato de Ibovespa

É possível negociar o contrato cheio e o minicontrato futuro de Ibovespa.

O Contrato cheio é chamado de Futuro de Ibovespa. Ele é calculado a partir dos pontos do índice, e cada ponto é igual a R$ 1,00. E, o lote mínimo para investir no Ibovespa Futuro é de 5 lotes. Ou seja, se o Ibovespa estiver em 100.000 pontos, o contrato cheio valerá R$ 100 mil.

Um valor alto para o investidor comum. Para driblar essa situação, existe o contrato futuro mini de Ibovespa.

O Futuro Mini de Ibovespa tem o valor de R$ 0,20 por ponto do índice. Então, usando o mesmo exemplo, o contrato mini valeria R$20 mil. E, além disso, o lote mínimo é de 1 mini contrato.

Qual o código do Ibovespa Futuro?

TIPO DE CONTRATOCÓDIGO
Contratos-MiniWIN + mês de vencimento + ano vigente
Contratos CheiosIND + mês de vencimento + ano vigente

Vantagens do Ibovespa Futuro

Investir em Ibovespa Futuro pode ser uma boa alternativa para diversificar sua carteira de investimentos. Confira algumas vantagens desse tipo de investimento.

Proteção por meio de hedge

É uma maneira de se proteger por meio de hedge contra a alta volatilidade do mercado financeiro. Ou seja, você se protege contra a variação de preço.

Não pague à vista

Não é necessário arcar com todos os custos da transação na hora da negociação. É uma possibilidade de replicar o comportamento do Ibovespa sem precisar arcar com os custos do mercado à vista.

Alta liquidez

As operações no Ibovespa Futuro têm alta liquidez. Com uma única operação, é possível ter alta liquidez. Sem precisar negociar ação por ação como no mercado à vista.

Como investir no Ibovespa Futuro?

Quer ter esse investimento na sua carteira? É importante lembrar que ele é um tipo de investimento de renda variável. Ou seja, é um investimento que apresenta alto risco.

Por isso, ele é recomendado apenas para quem tem perfil de investidor arrojado. Para os investidores que tem mais aptidão ao risco. Além disso, é um investimento complexo que demanda análises e estudos. Então, é indicado para investidores experientes.

Se esse é o seu caso, o Ibovespa Futuro pode ser uma boa escolha.

O investimento se dá de maneira parecida como acontece quando você investe em ações, por exemplo. Portanto, para investir em Ibovespa Futuro primeiro é necessário abrir conta em uma corretora de valores, como a Clear.

Após ter sua conta aprovada, o investimento pode ser feito pelo seu home broker.

Estratégias para investir no Ibovespa Futuro

Hedge

Uma das estratégias utilizadas para investir nesse tipo de investimentos é quando o investidor quer realizar um hedge, ou seja, proteger sua carteira de investimentos contra a volatilidade e oscilação dos investimentos.

Dessa maneira, o investidor que utiliza o Ibovespa Futuro para hedge pode lucrar com a queda do mercado. Nesse caso, se perder dinheiro com sua carteira de ações – que caiu – vai ganhar dinheiro com o hedge que fez com o Ibovespa Futuro.

Portanto, ele conseguirá equilibrar as perdas e ganhos da carteira, reduzindo então a volatilidade. Nesse exemplo:

  • Se o mercado cai: ele ganha com o hedge, mas perde com a queda de suas ações.
  • Se o mercado sobre: ele perde com o hedge, mas ganha com a alta de suas ações.

Especulação

Nessa estratégia trabalha-se com a expectativa do movimento do índice no futuro. Ou seja, tenta-se adivinhar a movimentação do índice para lucrar com o contrato.

Para fazer a especulação muitos investidores fazem uso da análise técnica: utilizam padrões gráficos na tentativa de prever e antecipar movimentos de alta ou queda na pontuação do índice Bovespa.

Para além do Ibovespa: o mercado de futuros

O Ibovespa não é o único ativo que pode ser negociado no mercado futuro. Ele faz parte da categoria “índices” que são negociados no mercado futuro.

Investimentos como minidólar futuro e commodities no mercado futuro são exemplos de ativos que podem fazer parte da diversificação de carteira de um investidor arrojado.

Tanto no mercado futuro Ibovespa quanto no caso de outros ativos,  negociados têm o mesmo princípio:  o contrato negociado possui vencimento em uma data futura. A lógica é a mesma. O risco também. E a possibilidade de diversificar a carteira também.

Quer investir no mercado futuro? Abra sua conta na Clear, a primeira corretora com corretagem zero.