Viver de Trader: Quanto ganha, 5 Dicas e Erros Comuns

Viver de Trader: Quanto ganha, 5 Dicas e Erros Comuns

Navegue por assunto


Por: Time Master Clear

21/12/2020 • Atualizado: 29/03/2022

14 minutos

Compartilhar:

Buscando saber se é possível viver de trader?

Viver de trader significa trabalhar única e exclusivamente com a compra e venda de ações em bolsa de valores, lucrando com as negociações e também com o recebimento de dividendos.

Essa é uma meta possível, mas que não vem sem esforço, dedicação e conhecimento para  tomar as melhores decisões.

Tem mais a ver com os acontecimentos mostrados no filme “À Procura da Felicidade” (2006) do que com o que se passa em “O Lobo de Wall Street” (2013).

E se você não assistiu nenhum deles, sem problemas, pois a gente resume rapidinho.

No primeiro, estrelado por Will Smith, a história conta um pouco do que se passa nas corretoras de valores e os seus desafios. Embora haja profissionais bem-sucedidos, a realidade é que a maioria tem que ralar muito para ter resultados.

Já o segundo, com o astro Leonardo diCaprio, conta a história de um corretor que, à base de golpes, consegue prosperar no mercado financeiro, ficando rico praticamente do dia para a noite.

Os dois filmes são ótimos, mas a realidade do trader não combina com vida fácil.

Tendo isso em mente, fica o convite para você avançar na leitura e descobrir como ter sucesso nessa atividade, fugindo de erros comuns e adotando as melhores práticas.

O que é um trader?

Trader é o termo usado para se referir a quem negocia ativos financeiros por meio de uma corretora e na bolsa de valores.

Portanto, todos que conseguem tirar o seu sustento apenas dos rendimentos que ganham com investimentos podem ser considerados traders profissionais, que vivem de trade.

Contudo, diferentemente de outras atividades, para ser trader, não basta apenas ter formação e experiência.

É preciso dispor de conhecimento e capital para investir.

Na Clear você conta com corretagem zero nos melhores produtos do mercado. Abra sua conta, é online, rápido e 100% grátis.

Quem pode ser trader?

Normalmente, um trader é alguém que, com capital e conhecimento, consegue ter resultados relativamente consistentes ao longo do tempo.

Note, nesse caso, que estamos supondo que é possível negociar com ativos de risco mantendo uma rentabilidade considerada aceitável.

Embora não seja uma missão impossível, para lucrar com frequência na renda variável, é preciso muito preparo e tolerância com riscos – o que nem todos estão dispostos a aceitar.

Quanto ganha por mês um trader?

Para os que têm a disciplina e a humildade de aprender, as perspectivas tendem a ser bem melhores.

Embora não seja possível estipular uma margem de ganhos, quando se tem o preparo adequado e compreensão sobre os riscos do trade, os resultados tendem a ser mais sólidos.

Haverá perdas? Sim, com certeza.

Mas um trader de verdade entende que elas fazem parte do processo de crescimento e, com sua sabedoria e persistência, podem servir de lição para o futuro.

Dessa forma, é possível ter ganhos mensais consistentes, ainda que eles possam oscilar entre um mês e outro.

Tipos de trader no mercado financeiro

Basicamente, existem quatro tipos de trader no mercado financeiro, todos eles diferenciando-se em relação ao período com que costumam negociar.

Abaixo, falamos das diferentes modalidades onde eles atuam.

  • Swing Trade: aqui, o trader compra ou vende uma posição para negociá-la no dia seguinte ou depois
  • Day Trade: quem opta por operar no Day Trade dedica-se a comprar e vender ativos financeiros para negociá-los no mesmo dia
  • Scalping: nesse tipo de trading, o objetivo é lucrar com as micro oscilações nas cotações da bolsa, obtendo ganhos mais expressivos no volume de negociações
  • Position Trader: categoria na qual o resultado esperado é de longo prazo. Ou seja, compra-se um ativo para lucrar com sua valorização em períodos mais extensos.

Afinal, é possível viver de trader?

Com certeza é possível viver de trader. No entanto, é preciso considerar alguns fatores e limitações.

O primeiro aspecto é conhecer as próprias necessidades.

Considere, por exemplo, que você estipula que quer uma renda mensal de R$ 4 mil.

Nesse caso, você precisaria lucrar 1% de R$ 400 mil, um patrimônio que poucas pessoas têm disponível.

Portanto, é preciso calcular bem a relação custo-benefício e jamais aplicar no trade dinheiro que você não possa se dar ao luxo de perder.

Como é viver de trader no Brasil?

Os melhores traders do mundo ensinam que, seja onde for, não se consegue viver de rendimentos sem uma boa dose de paciência, disciplina e muito conhecimento.

No Brasil, onde a moeda não é tão forte e a economia menos estável, esse é um desafio ainda maior.

Afinal, a conjuntura externa também tem um peso importante para o sucesso nesse mercado.

É isso que nos ensina (entre outras coisas) a trajetória de nomes como Warren Buffett e George Soros, que conheceremos mais à frente.

5 Ensinamentos para viver de trader

Provavelmente, a palavra que você mais vai ver ligada à atividade de um trader é disciplina.

Mas, disciplina não é uma pílula ou energético que se toma para obter um efeito temporário.

Acima de tudo, ela deve ser praticada para que os efeitos esperados se tornem constantes.

Então, se você quer saber mesmo como começar a ser uma pessoa disciplinada em seus investimentos, veja no vídeo abaixo quais são os 4 deveres do trader e, depois, coloque em prática os 5 ensinamentos que listamos:

1. Saiba utilizar o tipo certo de análise

Negociar com ações envolve essencialmente dois tipos de análise.

Uma é a análise técnica, na qual entram apenas dados relativos ao mercado e que se baseia em estudos de gráficos e tendências.

A outra é a análise fundamentalista, pela qual o valor de uma ação é determinado pelo valor de uma empresa demonstrado em seus documentos contábeis.

Foi explorando esse tipo de análise que o mítico Warren Buffett fez fama e fortuna em Wall Street.

Porém, ela mira ganhos no longo prazo, apostando na valorização das ações estudadas.

Já para quem quer se tornar um trader e operar na bolsa diariamente, como ao fazer day trade, é a análise técnica que se destaca, pois seu objetivo é lucrar por especulação no curto prazo.

2. Monte uma estratégia

Mais do que orientar suas operações, uma estratégia vai servir para manter a cabeça no lugar nos momentos de perda.

Afinal, especialmente no começo, é difícil controlar a vontade de recuperar dinheiro perdido investindo de forma agressiva e impensada.

Ao seguir uma estratégia, você terá uma referência para fazer a coisa certa, ainda que a vontade de ser mais ousado seja grande.

3. Atente-se aos dividendos

Ações de valor, em geral, pagam dividendos aos seus acionistas.

Esse é um indicador bastante seguro sobre a solidez de uma empresa e que, portanto, sinaliza que vale a pena investir nela.

Procure conhecer a progressão dos dividendos pagos por uma ação, principalmente se a sua estratégia for de longo prazo.

4. Foque no longo prazo

Por falar nisso, não há como viver de trader sem desenvolver uma cultura de investimento que privilegie o longo prazo.

Isso se aplica, inclusive, para os que pretendem explorar o Day Trade.

Portanto, olho vivo: imediatismo e trade são duas coisas que definitivamente não combinam.

5. Estude e se atualize sempre

O mercado financeiro é rico não apenas por movimentar muito dinheiro, mas por ser uma fonte inesgotável de conhecimento.

Sem entender pelo menos os aspectos básicos de sua dinâmica, é impossível obter resultados, até mesmo no curto prazo.

Assim sendo, busque sempre renovar seus conhecimentos, lendo artigos como este e incrementando sempre que puder sua formação e educação financeira.

4 opções para ajudar a se capacitar como trader

O lado bom dessa história é que, com a internet, está ao alcance de todos se capacitar para ser um trader de sucesso.

A propósito, só o fato de estar lendo este artigo e ter chegado até aqui já indica que você escolheu o caminho certo para isso.

É por isso que, em reconhecimento ao seu esforço, destacamos mais 4 formas de aumentar seu background para fazer negociações com alta margem de acerto.

Canais da Clear

Não poderíamos deixar de destacar nossos canais de difusão de conhecimento, afinal, você já está em um deles, certo?

Além de acompanhar nossas publicações no blog, encorajamos você a assistir os vídeos educativos publicados em nosso canal no Youtube.

Nossos especialistas estão o tempo todo dando dicas, analisando o mercado e levando a você o que há de melhor em formação voltada ao mercado financeiro.

Ler livros e publicações

Fica a dica de livros que são leitura obrigatória para quem quer ir mais longe:

  • Como enriquecer na Bolsa de com Warren Buffett – Mary Buffett
  • Os Ensaios de Warren Buffett – Warren Buffett
  • Se afastando da manada – André Moraes
  • O Novo Paradigma para os Mercados Financeiros – George Soros
  • Ações Comuns Lucros Extraordinários – Philip Fisher

Fazer cursos

Ainda que o autodidatismo seja uma virtude bastante louvável, nada substitui uma boa sala de aula (que pode ser virtual) e um professor para nos ensinar o caminho das pedras.

Esse é outro aspecto que a internet facilita, já que são incontáveis os cursos, webinars e palestras educativas sobre o mercado financeiro online.

Entender de estatística e cálculo

Ok, sabemos que essa parte pode não ser muito agradável de se conhecer, afinal, cálculo e estatística não são disciplinas simples de se assimilar para a maioria das pessoas.

Por outro lado, conhecê-las mais de perto vai deixar você muito à frente em termos de capacidade de antecipar tendências e escolher os melhores ativos.

Erros comuns ao tentar viver de trader

Agora que você sabe o que fazer para se dar bem como trader, vai precisar também saber o que não fazer.

O primeiro erro de todos – parece paradoxal – é entrar no mercado financeiro apenas para ganhar dinheiro.

Isso mesmo: embora esse seja o objetivo comum entre traders iniciantes, não é nele que se deve focar enquanto se negocia.

Na verdade, um trader de sucesso concentra seus esforços em aprender cada vez mais.

Ele entende que, quanto mais conhecimento, melhores serão os resultados e, assim a consequência natural é ganhar dinheiro.

Por disso, destacamos abaixo três comportamentos a evitar como trader.

E se a ideia soa interessante para você, veja no vídeo outros erros comuns são cometidos quando se tenta viver de trade:

Buscar retorno rápido

Não existe mágica no mercado financeiro.

Por isso, até mesmo para quem quer negociar no Day Trade, a ideia de ganhar dinheiro rápido deve ser descartada logo de cara.

Não se informar antes de negociar

Como vimos, quando se foca só em ganhar dinheiro, bloqueia-se a atitude mental que leva ao aprendizado.

Afinal, sucesso só vem antes do trabalho no dicionário, certo?

Desconhecer os riscos envolvidos

Engana-se quem pensa que negociar ações, até mesmo com muito capital, não envolve perdas.

Esse é um mercado volátil e, portanto, existem riscos que devem ser considerados.

3 Curiosidades sobre o mercado trader

O mercado financeiro também tem suas curiosidades, até porque as empresas que o compõe são feitas por pessoas.

Veja a seguir alguns dados interessantes sobre esse segmento.

O PIB e as empresas listadas na bolsa

Até o ano de 2019, havia na B3, a bolsa de valores brasileira, um total de 336 empresas listadas.

Se o patrimônio de todas elas fosse somado, teríamos um total de R$ 3,8 bilhões, o que corresponde a mais da metade do PIB brasileiro (59%).

Uma por todos e todos por uma

Embora a B3 responda no mercado internacional como a bolsa brasileira, nem sempre ela reinou sozinha.

Por muitos anos, vários estados brasileiros tinham suas próprias bolsas, até que, em 2002, a última delas, a do Rio de Janeiro, foi definitivamente incorporada pela Bovespa.

A melhor idade para investir

No mercado financeiro, o maior número de contas está na faixa etária entre 26 e 45 anos.

Contudo, o volume maior de negociações está na faixa acima dos 65 anos, que corresponde a mais de R$ 100 milhões transacionados nos pregões diariamente.

2 profissionais trader de sucesso

Como prometido, vamos conhecer agora um pouco da trajetória de dois dos maiores traders do mundo, hoje e sempre.

Acompanhe!

Warren Buffett

A biografia do “oráculo de Omaha” mostra que, desde cedo, Warren Buffett demonstrava tino para finanças e para ganhar dinheiro.

Afinal, que garoto aos 14 anos de idade pensaria em obter US$ 35 de dedução fiscal declarando para o Fisco sua bicicleta e seu relógio?

Esse talento inato fez com que ele trilhasse uma brilhante carreira empresarial.

Primeiro como fundador da Berkshire Hathaway e, em 2008, tornando-se o homem mais rico do mundo, ultrapassando ninguém menos que Bill Gates.

George Soros

O húngaro George Soros é um dos sobreviventes da Segunda Guerra Mundial, tendo emigrado do seu país natal para a Inglaterra em 1947.

Seu feito mais notável é ter ficado conhecido como “o homem que quebrou o Banco da Inglaterra”.

Tudo por causa de uma venda a descoberto de 10 bilhões de dólares em libras, o que lhe rendeu em seguida um lucro de 1 bilhão de dólares.

Detalhe: Soros fez essa negociação ao longo da crise monetária do Reino Unido na famigerada “Quarta-Feira Negra”, em 1992.

Conclusão: Vale a pena ser um trader?

Se você é daquelas pessoas que querem um futuro próspero e entende que, para isso, é preciso investir o quanto antes, então, a atividade de trader pode ser a melhor escolha.

Viver de trader é possível, mas, como vimos neste conteúdo, isso não acontece sem antes cumprir com algumas etapas.

Por isso, procure ter uma atitude de poupar e busque sempre por maneiras de fazer seu dinheiro render mais.

E, claro, o mais importante de todos os ensinamentos: esteja sempre em constante aprendizado, até mesmo quando achar que já sabe o suficiente.

Quando se sentir pronto para investir, sua melhor escolha está na Clear.

Com uma plataforma segura e rentável, você tem autonomia e informação para tomar as melhores decisões.

E o melhor: sem pagar taxa de corretagem para isso.

Na Clear, ela é zero em todos os produtos de renda variável.